sexta-feira, novembro 12, 2004

Coisas que eu deveria fazer

Tem algumas coisas que são praticamente promessas de ano-novo e repito sempre que vou mudar e nunca consigo:

1) Deveria levar a sério um regime pelo menos 1 vez na vida, afinal faz 26 anos que todos eles acabam me derrotando;
2) Deveria parar de fumar, afinal tenho consciência que isso faz um mal desgraçado, mas mesmo assim adoro fumar;
3) Deveria criar coragem e finalmente fazer a tatuagem que desde os 11 anos de idade tenho vontade de fazer, mas morro de medo de agulhas;
4) Deveria juntar dinheiro suficiente pra realizar o sonho de ir pra New Orleans e passar pelo menos 10 dias fazendo uma maratona etílica e musical em todos os botecos;
5) Deveria ser menos neurótica com as minhas atitudes e ligar o foda-se mais vezes;
6) Deveria ser menos ciumenta com tudo que leve "MEU" na frente, como por exemplo: meus cd´s, meus livros, meus amigos, meu irmão, meu namorado...
7) Deveria trabalhar meu lado rancoroso e desculpar as pessoas com mais facilidade;
8) Deveria entender que nem todas as pessoas pensam como eu, pois afinal elas não viveram a minha vida e o que eu digo pode não ter o menor sentido pra elas;
9) Deveria organizar melhor a minha agenda para ter mais tempo livre e fazer as coisas que gosto com mais freqüência;
10) Deveria ligar mais para os meus amigos, mas ainda não aprendi a gostar de telefone;

Putz... acho que isso vai ser em capítulos... Mas é incrível a quantidade de coisas que gostaria de fazer e não faço, seja por falta coragem, seja por falta de tempo, seja por falta de vergonha na cara ou mesmo por um sentimento de posse extremo... Vou parar por aqui antes que tenha que acrescentar que deveria tomar anti-depressivos...hahahahahaha



segunda-feira, novembro 08, 2004

BIENAL

Domingão fui a 26ª Bienal de Artes de São Paulo... que coisa mais bizarra!!!

A intenção da entrada a Bienal ser gratuita é para a democratização da arte... veja bem que ARTE??
São 135 artistas sendo que o trabalho de meia dúzia valha a pena ver, o resto é surto psicótico pelo uso de alucinógenos durante a vida toda!
Poderia muito bem passar o resto da minha vida sem ver o "incrível vídeo" da circuncisão do artista, assim como uma "soberba" pintura de um pênis sendo enfiado na orelha de alguém como se fosse um piercing... Com certeza isso não me acrescenta nada, e não vejo arte e nem cultura nessa porcaria.
Ainda pior que as "obras" apresentadas são as notas explicativas das mesmas...

Como já disse, foram pouquíssimas coisas interessantes apresentadas na Bienal, sendo que a melhor coisa, sem dúvidas, foi a pomba que invadiu a sala onde o chão estava repleto de milho e teve seu banquete garantido.
(Thi! Obrigada pela companhia nessa viagem estranha ao mundo das artes, críticos e pseudo-intelectuais! Valeu também pelas gargalhadas! Beijos!)




quinta-feira, novembro 04, 2004